Crianças das Estrelas: Índigo e Cristal

Crianças das Estrelas: Índigo e Cristal

Crianças das Estrelas: as Crianças Índigo e as Crianças Cristal

Nesta noite eu vou falar sobre um tema fascinante! Nesta noite eu vou falar das Crianças das Estrelas: as Crianças Índigo e as Crianças Cristal. Estes seres fantásticos que estão chegando à Terra, cada vez mais e mais… encarnando em todos os países, em todas as raças, em todos os níveis sociais, nas aldeias mais distantes e nas cidades mais populosas e muito… muito possivelmente dentro da sua própria família, bem debaixo do seu nariz!

As Crianças Índigo são crianças fabulosas que estão encarnando aqui na Terra há bastante tempo, mas vinham poucas delas, até que depois da segunda guerra mundial começaram a vir em maior número e a partir da década de 70 então, começaram a chegar em ondas, cada vez mais e mais delas. Hoje, os dados são impressionantes! Pesquisadores americanos estimam que depois de 1995 oitenta e cinco por cento dos nascimentos ocorridos na Terra são de crianças índigo!

Fica muito evidente que alguma coisa está acontecendo. Mas, o quê? 

Astrônomos importantes como Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Sola, Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos, chegaram à conclusão de que o sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação das Plêiades.
Nosso Sol é portanto a oitava estrela da constelação e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione.
Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel de radiação que foi chamado de cinturão de fótons. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética.

A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos nesse anel de fótons, ficando mais próximo de Alcione. A última vez que a Terra passou por ele foi durante a Era de Leão, há cerca de doze mil anos.
Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos nesse anel de radiação. Sob a influência dos fótons, todas as moléculas e átomos do nosso planeta passam por uma transformação, precisando se readaptar a novos parâmetros.
A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura que não produz sombra nem escuridão.
Talvez por isso os hindus chamem de Era da Luz os tempos que estão por vir.

Desde 1972 o Sistema Solar vem entrando no cinturão de fótons, e em 1987 foi a Terra que começou a penetrá-lo, estando gradativamente avançando até que no ano de 2012 deverá estar totalmente imersa em sua luz.
As pessoas despertas acordarão como de um sonho com seus centros de energia totalmente abertos, livres do véu do esquecimento, tanto pessoal quanto planetário, pertinentes à terceira dimensão. As pessoas começarão a se reconectar com suas origens e propósitos da alma, que é o retorno da Consciência Crística para o planeta.
Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma. Desde a década de oitenta, quando a Terra começou a penetrar no cinturão de fótons, estamos sincronizando com a quarta dimensão e nos preparando para receber a radiação de Alcione, estrela de quinta dimensão.

O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão nos auxiliando a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.
Prestem atenção, eu vou repetir:
O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão nos auxiliando a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.
Meus irmãos… é aqui que entram as Crianças Índigo!
Essas crianças fascinantes… fantásticas… fabulosas…. que são o próximo passo na nossa evolução como espécie humana.
Vocês se lembram da novela ” Mulheres Apaixonadas ” que a Globo apresentou algum tempo atrás? Vocês se lembram da Salete? Aquela menininha que tinha visões, que previa acontecimentos… pois bem, é o próprio autor da novela, o escritor Manoel Carlos, que fala:Nos Estados Unidos ouvi falar muito das Crianças Índigo. Salete é Índigo. Ela tem uma percepção da Luz, vê anjos, prevê acontecimentos, tem premonições…
As Crianças Índigo são crianças espetaculares. E estão chegando para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independente de fronteiras e de classes sociais.
São catalisadores desencadeando as reações necessárias para a transformação. Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no tocante ao uso da potencialidade dos hemisférios esquerdo, menos desenvolvido, e direito, mais desenvolvido.
Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual. Elas exigem do ambiente à sua volta certas características que não são comuns nas sociedades atuais.
E elas vão agir, aliás já estão agindo através do questionamento e transformação de todas as instituições rígidas que as circundam, começando pela família.
Família que se baseia na imposição de regras, sem tempo de dedicação, sem autenticidade, sem explicações, sem informação, sem escolha e sem negociação.
Essas crianças simplesmente não respondem a essas estruturas rígidas, porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas porque elas têm uma intuição para perceber as verdadeiras intenções dos adultos e não têm medo. Portanto, intimidá-las não traz resultado, porque elas sempre encontrarão uma maneira de obter a verdade.
A segunda instituição vulnerável à ação dos Índigos é a escola. Hoje, o modelo de ensino é sempre imposto sem muita interação, um modelo feito para o hemisfério esquerdo do cérebro, o racional, o lógico, incompatível com os Índigos que naturalmente têm o hemisfério direito mais desenvolvido, o que lhes dá o grande poder intuitivo, a grande capacidade de percepção extrasensorial. Como elas possuem uma estrutura mental diferente, elas resolvem problemas conhecidos de uma maneira diferente, além de encontrar formas diferentes de raciocínio que abalam o modelo atual de ensino.
Assim, através do questionamento, elas influenciarão todas as demais instituições, o mercado de trabalho, a cidadania, as relações interpessoais, as relações amorosas, as instituições espirituais, pois elas são essencialmente dirigidas pelo hemisfério direito.
Mas por quê índigo? Por que Crianças Índigo?
O nome : Criança Índigo refere-se à cor da sua aura, o azul-índigo, que indica uma aura de Mestre. São crianças especiais que decidiram encarnar no nosso planeta com uma missão e um objetivo específico: são guerreiros, detonadores de sistemas!
Elas já vêm ao nosso planeta há bastante tempo. Alguns até argumentam que Jesus e Budha eram índigos, pois a missão deles, numa escala global, era mudar a consciência da humanidade.

Nos anos setenta, começaram a vir em ondas. Muitos deles… seres que hoje estão nos seus vinte…trinta anos, a geração guerreira que começou a desafiar e a mudar os velhos sistemas.
Nos anos oitenta e noventa, mais e mais ondas de índigos chegaram, agora com uma sensibilidade e refinamento maiores ainda! E no final dos anos noventa e início de dois mil eles estão ganhando a companhia das ” Crianças Cristal ” que chegam também como guerreiros…. mas guerreiros espirituais!

Presentemente, nós estamos vendo uma geração de Mestres vindo para o nosso planeta, essas crianças fantásticas também chamadas de ” Crianças das Estrelas” . Elas são a nossa esperança para o futuro, elas são a nossa esperança para o presente.

Mas como reconhecer um Índigo?

A resposta óbvia seria verificar a cor da sua aura. Mas nem todos os Índigos têm a aura na cor azul-escuro o tempo todo. O termo Índigo refere-se mais ao estado da alma do que a cor da aura que muda um pouco de acordo com sua disposição e seus interesses. Videntes que vêm os estados da alma podem identificar Índigos.
No entanto, é fácil identificar um Índigo pela sua sensibilidade, criatividade, espiritualidade e padrões gerais de comportamento.
Como crianças, elas se parecem com todas as outras crianças, embora sejam freqüentemente bonitas e com olhos penetrantes.
São sempre altamente inteligentes e cheias de perguntas e exigências. Têm muita energia, são muito ativas, têm muita força de vontade e um senso forte do seu próprio valor e importância. Sabem que são especiais e que estão aqui para fazer alguma coisa significativa. Possuem amigos imaginários e adoram fadas e golfinhos.

A inteligência excepcional das crianças índigo pode ser exasperante para os adultos. Ninguém lhes dirá o que fazer, elas quererão debater e negociar cada instrução, cada ordem.
Até que os pais aprendam que estão sendo ensinados e aprendam a respeitar o direito de escolha da criança e honrar essa escolha, eles continuarão a ser confrontados com lutas de poder e batalhas de força de vontade.
A maneira correta de lidar com um Índigo é de estar disposto a negociar, explicar, dar-lhe escolhas. Ordens como  “Faça assim porque eu estou mandando” só produzirão hostilidade e indiferença.

Os Índigos geralmente não gostam nada-nada da escola. Ficam entediados pelo passo vagaroso e pelas tarefas repetitivas. Aprendem através do nível de explicação, resistindo à memorização mecânica ou a serem simplesmente ouvintes.
São hiperativos, distraem-se com facilidade, tendo baixo poder de concentração. Têm alta sensibilidade, não conseguem ficar quietos ou sentados, a menos que estejam envolvidos em alguma coisa do seu interesse.
Por serem orientados pela parte direita do cérebro, quando adultos, são geralmente atraídos por atividades e ocupações que usam o hemisfério direito, como a música, a arte, a escrita, a espiritualidade. Adoram cristais, Reiki, meditação e yoga.
São intensivamente leais aos seus amigos, acreditam em honestidade e comunicação nas relações. Ficam freqüentemente desconcertados com a desonestidade, a manipulação e outras formas de comportamento egoísta.

Uma das características-chave dos Índigos é freqüentemente a sua ira. As figuras de autoridade não conseguem nada com elas. Num nível profundo, elas não reconhecem a autoridade. Sabem que somos todos iguais e por isso ficam irritados, furiosos mesmo, com aqueles que se comportam ditatorialmente , quer sejam pais, professores ou patrões.
São muito compassivos, amam os animais e qualquer forma de vida; têm muitos medos, como medo da morte e perda dos seres amados. Se experimentam muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.

Um problema sério quando se trata de Crianças Índigo é o diagnóstico errado habitual dado aos índigos, catalogados como portadores de Transtorno do Déficit de Atenção ou do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. Com isso, dá-se medicação a elas, sedando toda a sua imensa potencialidade.
Essas crianças estão aqui para nos ajudar na transformação do mundo. Portanto nós precisamos aprender com elas, principalmente escutando-as e observando-as.
As Crianças Índigo chegam aqui para nos dar um novo entendimento, são verdadeiros presentes para os pais, para o planeta e para o universo.
Quando honramos estes pequeninos como presentes, nós vemos a sabedoria divina que eles trazem para ajudar a crescer a vibração do nosso Planeta.

O passo mais importante para entender e se comunicar com essas crianças é mudar a nossa forma de pensar a respeito delas, derrubando os nossos paradigmas para honrar os pequeninos como presentes ao invés de problemas.
Assim abriremos as portas para perceber a grande sabedoria que elas trazem.. Os pequeninos honrarão essa intenção, e um caminho para o entendimento aparecerá.
Até aqui, falamos dessas crianças maravilhosas, as Crianças Índigo. Mas existe mais… as Crianças Cristal estão chegando!

Por volta do ano dois mil essas crianças começaram e encarnar na Terra. Elas representam o próximo passo na evolução humana. Elas seguem às crianças índigo.
Sua missão é completar o trabalho começado pelos índigos. Elas também são detonadores de sistemas, são os guerreiros espirituais que vêm desmantelar e remover maneiras velhas e limitadas de pensar e elas vêm para começar o processo de renovação e reconstrução.
A missão primária de uma Criança Cristal é ensinar as maneiras de vida muiltidimensional em harmonia, paz e amor. Elas estão vindo nos ensinar como viver vidas emancipadas com o reconhecimento dos nossos plenos poderes.
Elas estão vindo para nos ajudar a nos ligar novamente com as Energias Divinas. Elas representam o caminho futuro da raça humana.
E uma das dádivas mais mágicas delas para conosco é que elas são catalisadores para a nossa evolução: várias crianças e adultos Índigo estão fazendo a transição para o estado Cristal com a ajuda da elevação energética que essas crianças fornecem pela mera presença delas na Terra.

As Crianças Cristal são primariamente reconhecidas pelas suas auras que são geralmente claras como cristal mas também podem ter tons de dourado, azul-índigo ou púrpura, dependendo de sua afiliação de Raio.
As Crianças Cristal nascem com acesso ao seu Eu Multidimensional e estão geralmente ancoradas na Sexta Dimensão com a habilidade de se abrirem para a Nona Dimensão, a completa Consciência do Cristo! Isso quando o planeta estiver pronto, provavelmente em torno do ano de 2012, quando a primeira geração de Crianças Cristal atingir os 12 anos de idade.

Existem algumas características bastante definidas que as Crianças Cristal têm quando encarnam:

São geralmente bebês grandes e freqüentemente têm cabeças que são proporcionalmente grandes para os seus corpos. Tem olhos grandes e penetrantes e fitam as pessoas nos olhos por longos períodos. O que esses bebês estão fazendo é acessar os registros de alma do adulto e ler quem é ele. Esse é um comportamento perfeitamente normal para essas crianças e elas ficarão muito contentes se o adulto fizer o mesmo de volta. É a maneira cristal de se comunicar, olhar para a alma de outro ser e sentir quem é ele. Uma coisa que todos nós aprenderemos a fazer no futuro.

Emocionalmente, elas são geralmente bebês muito bons e calmos formando um laço intenso com a mãe. Esta é, geralmente, a primeira encarnação delas neste planeta e precisam da reafirmação e estabilidade que a presença física da mãe pode oferecer. São crianças extremamente amorosas e freqüentemente procurarão ajudar e curar tanto humanos como animais em sofrimento.
São crianças também extremamente sensíveis. Elas não só são capazes de ler o registro da alma de uma pessoa como também sentir todas as tensões e raivas não resolvidas que a pessoa carrega em seu subconsciente. É por isso que elas são tão sensíveis ao seu meio ambiente.

Educar uma Criança Cristal pode ser um verdadeiro desafio. Freqüentemente os assuntos não resolvidos dos pais são sentidos pela criança , que será afetada negativamente por essas emoções .
Mas a característica pessoal mais fora de série das Crianças Cristal é o seu poder. Elas são muito poderosas! Elas têm as energias poderosas de um Mestre da Sexta Dimensão. É por isso essencial que os pais aprendam a respeitá-las e a negociar com elas. Senão essa energia poderosa será usada em lutas por poder que seus pais ou educadores nunca irão ganhar.

Crianças Cristal têm várias dádivas especiais que derivam das suas habilidades multidimensionais. Elas têm a habilidade não só de ler os campos de energia das pessoas como muitas outras habilidades psíquicas, desde mover objetos mentalmente até ler livros sem abrí-los e ainda têm uma grande habilidade de comunicar-se telepaticamente e é por isso que elas, às vezes, não falam até que tenham 4 ou 5 anos de idade.
A missão de todas as Crianças Cristal é avançar a evolução humana pelo processo da ascensão. Elas estão aqui para nos mostrar como viver de uma maneira completamente nova e diferente.

Só por chegarem em tão grande número e ancorarem a Energia Crística, elas estão facilitando uma mudança nas energias planetárias.
Mas também estão aqui para nos ensinar técnicas de vida multidimensional para o reconhecimento dos nossos plenos poderes.
A Criança Cristal move-se facilmente entre as diferentes dimensões. Não estão nada limitadas ao mundo da terceira dimensão, embora tenham corpos e funcionem na realidade da terceira dimensão elas estão essencialmente sintonizadas na sexta dimensão e trazem essa energia para o nosso planeta.

O princípio fundamental por trás dessa maneira de viver é a Consciência da Unificação. As Crianças Cristal percebem e vivem a Unidade. Elas sentem as energias dos outros. Elas apanham ansiedade e stress que não são delas. Elas sentem as toxinas no ambiente e na comida.
Temos que estar conscientes da dádiva que estas crianças nos trazem. Elas são o futuro. Elas nos mostram o que estamos nos tornando.. E a dádiva especial delas para conosco é para nos dizer que nós podemos nos tornar assim como elas agora, se deixarmos que as suas energias nos movam para o próximo degrau na escala da evolução.

Ao chegarem em número tão significativo elas estão precipitando o despertar espiritual de grande número de humanos. E não há limite de idade para isso, Você pode ter 10 ou 100 anos, pegar essa onda de energia Cristal e renascer no seu estado Crístico!

Aos pais dessas crianças fascinantes eu gostaria de dizer aqui algumas palavras do Mestre Sananda que eu passei de uma mensagem publicada na revista Amaluz em 1998, Sananda é o nome como esotericamente é conhecido Jesus de Nazaré:

“Não as forcem a enquadrar-se nos velhos moldes. Elas chegaram com novas marcas de nível superior para a humanidade codificadas dentro do seu ser. Elas carregam em seu interior grande sabedoria espiritual;
– Lembrem-se de que seus filhos não são vocês. Em outros níveis do seu ser vocês estabeleceram acordos com eles para permitir-lhes vir através de vocês para a experiência no plano terrestre. Repito, eles vieram através de vocês mas não são vocês. Cada um deles é único e vem com sua própria personalidade, talentos e pensamentos. Não esperem que eles vivam os seus sonhos, pois eles têm os deles próprios;
– Passa ser sua tarefa amá-los incondicionalmente, sustentá-los e encorajá-los em suas explorações e ajudá-los a descobrir seu propósito de estarem aqui, suas missões e a exercerem os papéis apropriados para eles;
– Essas crianças trazem sistemas neurológicos diferentes em seus corpos. Elas exigirão muito amor e compreensão por parte de suas famílias e da comunidade. Essas crianças podem parecer desajustadas e de certo modo são, porque elas anunciam a chegada da sétima raça original, a raça índigo a seu planeta. Elas são as precursoras de seres de dimensões ainda superiores que virão;
– Seria conveniente que vocês ampliassem seus horizontes com alguns estudos metafísicos. Seria desejável iniciar momentos de meditação familiar e que cada pessoa possa compartilhar em comunhão espiritual juntos, permitam que cada membro da família participe de algum modo. Além disso, as crianças sabem que existem anjos em volta, encorajem essas conexões. Permitam que reino angélico participe desses momentos miraculosos no plano terrestre;
– Dêem ouvidos a seus filhos quando eles manifestarem o desejo de compartilhar suas experiências com sonhos. Muita informação é transmitida, os sonhos trazem mensagens da alma;
– Encorajem seus filhos a apreciar e respeitar a natureza, a sentir a terra, a observar as plantas e os animais em seu ciclo através das estações. Ensinem-nos a amar e respeitar seus animais de estimação. Se possível levem-os à praia, às montanhas e às planícies. Permitam que eles vejam diretamente a grandeza do planeta. Pergunte o que eles estão vendo e sentindo e talvez mesmo ouvindo, pois eles não irão ver, ouvir e sentir o mesmo que vocês. Dêem ouvidos a eles. Eles são sábios. Permitam que eles os ensinem de modo que vocês possam compartilhar de seu encanto;.
– Com a mescla dos planos astrais inferiores no plano físico, seus filhos podem ver figuras, formas e outras aparições… essas visões durante a vigília são válidas e podem ser divertidas ou assustadoras…sábio é o pai que não rejeita jocosamente essas experiências de seus filhos. Encorajem seus filhos a falar sobre essas experiências, e riam com eles ou compadeçam-se com eles mas permitam que eles manifestem essas visões. Trabalhem com seus filhos para passar essas entidades para as mãos orientadoras das forças angelicais, que em troca os conduzirão a seus lugares apropriados em outros planos de existência;
– Não sejam precipitados em suas avaliações, pois seus filhos não são loucos.. Se vocês de alguma maneira ficam confusos sobre como cuidar dessas crianças e do seu crescimento, procurem orientação apropriada daqueles que compreendem princípios metafísicos e espirituais e a transmutação de energia;
– Dêem aos seus filhos sua máxima atenção. Eles os ensinarão muito e vocês serão abençoados por eles. Amem  incondicionalmente. Abençoem  vigorosamente. Tratem com grande carinho, pois eles são seus instrutores. Eles vêm para cá com muito amor para compartilhar e vêm com paz, harmonia, tolerância e alegria em seus corações. Sim, meus amados, ouçam bem, pois eles trazem lições de sabedoria para vocês “.

DNA e Mudanças Celulares – estamos nos transformando em ÍNDIGOS

O Dr. Berrenda Fox fornece evidências de mudanças no DNA e nas
células em seu artigo escrito por Patricia Resch. Dr. Fox provou, através de exames de sangue, que algumas pessoas têm realmente desenvolvido novas seqüências de DNA.
P.R.: Berrenda, conte-nos um pouco sobre sua experiência
B.F.: Eu sou doutorado em Fisiologia e Naturopatia. Durante meu treinamento na Europa, também estive envolvido com a mídia, e ainda continuo, em filmes e gerenciamento. Como você sabe, estou trabalhando com a Rede de Televisão Fox, a fim de trazer um pouco de entendimento sobre extraterrestres e seu papel no que está acontecendo com a humanidade no momento atual. Os mais conhecidos são “Sightings” e “Arquivo X”.

P.R.: Quais são as mudanças que estão ocorrendo neste momento no planeta, e como nossos corpos têm sido afetados?
B.F.: Existem grandes mudanças, mutações que não ocorriam, de acordo com geneticistas, desde quando, supostamente, saímos da água.
Há alguns anos atrás, na cidade do México, houve uma convenção de
geneticistas de todo o mundo e o tópico principal foi a mudança no DNA.
Nós estamos fazendo uma mudança evolucionária, embora não saibamos em no que vamos nos transformar.

P.R.: Como está mudando o nosso DNA?
B.F.: Todas as pessoas têm uma hélice dupla de DNA. O que estamos descobrindo é que existem outras hélices que estão sendo formadas. Na hélice dupla, existem duas seqüências de DNA enroladas em uma espiral.

Meu entendimento é o de que iremos desenvolver doze hélices. Durante este tempo, que parece ter começado talvez entre 5 e 20 anos atrás, temos sofrido uma mutação. Esta é a explicação científica. É uma mutação da nossa espécie em algo para o qual o resultado final ainda não é conhecido.
As mudanças não são conhecidas publicamente, porque a comunidade científica sente que isso iria amedrontar a população. De qualquer  forma, as pessoas estão mudando a nível celular. Estou trabalhando atualmente com três crianças que possuem três hélices de DNA. ( O livro Surfista de Zuvuya  – José Arguelles fala sobre o os 3 filamentos de DNA).
A maioria das pessoas sabe e sente isso. Muitas religiões têm falado sobre a mudança e sabem que ela ocorrerá de diversas formas.
Nós sabemos que é uma mutação positiva mesmo que fisicamente, mentalmente
e emocionalmente possa ser mal compreendida e assustadora.

P.R.: Estas crianças estão demonstrando alguma característica diferente de outras crianças?
B.F.: Estas são crianças que podem mover objetos através da sala apenas se concentrando neles, ou podem preencher copos com água apenas ao olhá-los. Elas são telepatas. Você quase pode considerá-las como parte angélicas ou super-humanas, mas elas não são. Eu acho que elas são aquilo no qual estaremos nos tornando durante as próximas décadas.

P.R.: Você acha que isso ocorrerá com todos nós?
B.R.: Parece que a maioria das pessoas,  começaram alguma coisa para a geração seguinte, dando a ela a capacidade de formar outra hélice durante seu tempo de vida. Nossos sistemas imunológico e endócrino, são a maior evidência destas mudanças. Esta é uma das razões pelas quais trabalho com pesquisas em testes imunológicos e terapia.
Alguns adultos os quais testei já têm outra hélice de DNA em formação. Alguns já estão em sua terceira hélice. Estas pessoas estão passando por uma série de mudanças em suas consciências e corpos físicos, porque estas duas coisas são na verdade uma só. Na minha opinião, a Terra e todos que aqui vivem, estão aumentando sua própria vibração.
Muitas das crianças nascidas recentemente têm seus corpos magneticamente mais
brilhantes . Aqueles de nós que somos mais velhos, e que escolhemos mudar, temos que passar por diversas alterações físicas.

P.R.: O que provoca mudanças em corpos nascidos com as duas seqüências de DNA normais?
B.F.: A maneira mais fácil de mutação em nosso DNA é através dos vírus. Consequentemente, os vírus não são, necessariamente, maus.
Os vírus vivem unicamente em tecidos vivos. Vírus de DNA como Epstein
Barr e Herpes não alteram a estrutura celular. O retro virus HIV não é um vírus de DNA. Ao contrário de provocar mutações no corpo, na verdade, ele o devora.
A maioria das pessoas que passa por este processo, como que ressurgindo do outro lado, muda para uma nova profissão, uma nova forma de pensar, ou pelo menos, inicia um novo modo de viver. Embora elas possam se sentir doentes, cansadas, ou algumas vezes desesperançosas, isto é, na verdade, um dom. Foi dada a elas a chance de mudar sua estrutura de DNA e seu corpo para um corpo mais saudável e brilhante, que pode mantê-los na próxima geração. Os anjos que têm sido vistos, são sinais de que estamos mudando.

Eu entendo que temos até aproximadamente o ano 2012 para completar este processo.

P.R.: Que outras mudanças podemos esperar?
B.F.: Não ocorrerão doenças, não precisaremos morrer. Seremos capazes de aprender nossas lições não através do sofrimento, mas através de prazer e amor.

O sistema antigo desmoronou e isso não poderia ocorrer sem uma grande luta. Então, vocês têm guerras, várias formas médicas de cura não estão funcionando, o governo não está agindo. Vários antigos paradigmas não podem mais existir, embora lutando para manter-se, mas não há dúvidas de que tudo está mudando.
Aqueles de nós que escolheram viver neste momento são precursores de quase praticamente uma nova espécie. É humana, embora estejamos ao mesmo tempo manifestando o paraíso na Terra. Estamos recebendo ajuda extra de mestres e extraterrestres, seres angélicos, e aprendendo a entrar em nosso íntimo.

Quanto mais sejamos capazes de entrar e de ouvir aquela voz silenciosa interior, mais estaremos em sintonia com as mudanças que estão ocorrendo.

P.R.: Quais são alguns dos efeitos colaterais destas mudanças?
B.F.: Com uma mudança celular, você irá algumas vezes sentir como se você não estivesse aqui. Você pode se sentir exausto, porque nós estamos literalmente mudando células e nos tornando novos seres. Como um bebê, você pode necessitar de muito descanso. Podem ocorrer sintomas como confusão mental e não ser capaz de se concentrar em tarefas rotineiras, já que fomos programados para algo maior. São comuns sofrimento e dores no corpo para os quais não haja nenhuma causa específica.
Muitas pessoas sentem como se estivessem ficando loucas. Se estas pessoas forem a um consultório médico ortodoxo, é bem provável que sejam medicadas com Prozac, porque não saberão diagnosticá-las. É difícil para a profissão médica porque eles não estão habituados a lidar com o corpo energético. Porque os chacras estão relacionados ao nosso sistema endócrino, as mulheres passarão por mudanças hormonais. Poderão chorar sem saber porque, já que chorar libera hormônios. Muitas mulheres passarão pela menopausa mais cedo porque estamos acelerando.

Os homens poderão ficar muito frustrados com a exaustão já que estão tão acostumados em serem ativos. Podem sentir seu lado feminino aflorar porque este é o lado intuitivo. A terapia emocional que tem sido difundida nos últimos 20 a 30 anos vem se acelerando com novas técnicas para estas mudanças. Nós estamos atualmente realizando um grande trabalho emocional em um curto espaço de tempo que deveria, na verdade, levar milhares de anos.

P.R.: Como você trata uma pessoa que está passando por estas mudanças?
B.F.: Eu abordo o assunto pelo ponto de vista de trabalhar cada pessoa individualmente ao invés de tratar uma doença. “Doutor” em latim significa educador. O único serviço efetivo que você pode realizar como um verdadeiro curador é o de fortalecê-las com as ferramentas necessárias e lhes reassegurar de que o que está acontecendo é real e de que elas podem se curar e se libertar dos sintomas “negativos” enquanto se curam. Primeiro, eu solicito um teste imunológico que não é realizado tradicionalmente. É um exame de sangue laboratorial realizado através de uma especialidade avançada de pesquisa em laboratório. Então, eu dou ao paciente as informações. É mais ou menos como um mapa das mudanças, para que eles tenham o poder da própria cura. Eu não sou o curador mas apenas um instrumento em seu processo de cura individual. Ocorre um processo em cada pessoa quando olha para seu próprio exame de sangue e que vê o seu mapa e o que está acontecendo em seu corpo, que causa algo como um clique no subconsciente. A verdadeira chave é a de que a pessoa toma a responsabilidade e faz o seu próprio trabalho.
O que eu uso como ferramentas não são comumente usadas. Eu uso várias Terapias Orgânicas, que são um tratamento glandular vindo da Europa, para preparar o sistema hormonal para aceitar as mudanças no DNA.

Também uso homeopatia para trabalhar no corpo energético, vitaminas, ervas
e terapia a laser frio. A terapia depende inteiramente das necessidades individuais.
Muito do que eu faço me foi passado por aqueles aos quais chamaria irmãs e irmãos mais velhos que se foram antes de nós.

Eles são de outros sistemas solares de onde todos nós viemos para ajudar a este planeta nesta transição.

P.R.: Como você prevê a evolução de seu trabalho?
B.F.: Eu encaro meu trabalho como uma ponte ou transição. Ele é tanto científico quanto artístico. Curar é uma arte e uma ciência.
Usar apenas a ciência ou apenas a arte não é suficiente para uma cura completa. Eu não acho que serei um curador durante toda a minha vida porque acredito que as doenças serão eliminadas. Nós, como pessoas conscientes, iremos eliminar as doenças e sofrimentos.

DNA, MUDANÇAS CORPORAIS E RECOMENDAÇÕES

(Extraído do artigo “A imagem superior” por Susanna Thorpe-Clark)

Nós estamos sendo mudados fisicamente de seres basicamente carbônicos com duas seqüências de DNA para seres cristalinos com 1.024 seqüências de DNA (eventualmente), porque apenas substâncias cristalinas podem existir em níveis dimensionais mais elevados.
Na verdade, estamos fundindo nossos corpos com seqüências de DNA dos Sírios, já que este formato é suficientemente próximo ao nosso para que nos integremos com relativamente poucos efeitos colaterais.

Não somos apenas nós, humanos, que estamos mudando, mas todas as formas de vida na Terra estão se tornando cristalinas. Todos os peixes do mar, as flores e as árvores em nossos jardins, as aves no céu, até o seu cão ou gato de estimação.
Tudo está mudando. Nada irá morrer ou ser destruído, já que estamos todos nos movendo juntos para um novo estado de ser.
Este novo estado de ser requer então, que nós, fisicamente, mentalmente e emocionalmente nos libertemos dos conceitos de 3a. dimensão. Assim como na morte, esta libertação corresponde à maior parte deste processo de mudança, já que ninguém poderá utilizar os valores antigo e modo de ser em um completamente diferente pós morte. Portanto, a progressão através de mudanças nos leva a nos libertar dos relacionamentos atuais, empregos, carreiras, lares, posses, e assim por diante, já que eles são incapazes de suportar nossa nova forma de ser.

Não é surpresa, portanto, que haja uma grande carga de ansiedade e medo sendo sentidos, porque estas mudanças já estão ocorrendo, embora a maioria das pessoas não esteja consciente disto. Também, as mudança em nossa forma de ser psicológica está evoluindo rapidamente neste momento, e estão ocorrendo muitos sintomas físicos temporários em nossos corpos em conseqüência disto.

Algum deles são:
Sintomas semelhantes aos de gripe – temperatura alta, suores, ossos e juntas doloridos, etc, mas que não respondem a tratamentos com antibióticos.
Fortes dores de cabeça – Dores severas que não são ‘aliviadas com analgésicos
– Diarréias ocasionais
– Coriza ocasional – Corizas que duram 24 horas mas que não sejam ligadas a resfriados ou alergias
– Vertigens
– Ruídos no ouvido
– Palpitações no coração
– Tremores em todo o corpo – especialmente à noite quando relaxados
– Espasmos musculares – Associado a dores no corpo, freqüentemente nas costas
– Formigamentos – nos braços, mãos, pernas e pés
– Perda de forças nos músculos – nas mãos, causada por mudanças no sistema circulatório
– Dificuldades em respirar ocasionais – e/ou percepção de respiração mais pesada ou alta quando relaxados
– Mudanças no sistema imunológico
– Mudanças no sistema linfático
– Sensação de cansaço – ou exaustão após mínimo esforço
– Necessidade de dormir – mais freqüentemente que o normal
– Unhas dos pés e cabelos crescendo mais rapidamente que o normal
– Ataques de depressão sem motivos reais
– Nostalgia – e mais atenção a relacionamentos, obtendo mais clareza em assuntos pessoais
– Sensação de grande purificação
– Tensão, ansiedade e altos níveis de estresse – porque as pessoas percebem que alguma coisa está acontecendo, mas não sabem o que é.

Alguns deste sintomas estão sendo sentidos pela grande maioria das pessoas. Muitas estão correndo, em pânico, para médicos, quiropráticos, fitoterapeutas, e assim por diante, e, normalmente, são informadas de que não há nada de errado com elas. E esta é a verdade, já que todos estes sintomas são apenas temporários e simplesmente indicam que estas mudanças fisiológicas estão ocorrendo.
Algumas das recomendações indicadas para alívio dos sintomas descritos acima são:
Deixe o fluxo seguir, não lute contra ele. Se você se sentir cansado e exausto, descanse e durma bastante. Beba bastante água, já que você está se desintoxicando e se desidratando mais rapidamente do que o normal. Para alívio da tensão emocional e níveis de estresse, tome Valerian. Fenugreek alivia o estresse no sistema linfático e ajuda na desintoxicação. Para alívio dos espasmos musculares, tome Valerian e tente banhos de argila ou um demorado banho de imersão no qual você adicione uma xícara de sais de Epsom. Faça isso diariamente.
Entenda que, se você está tendo palpitações no coração ou dificuldades em respirar, sintomas que correspondem ao seu chakra cardíaco ou ao laríngeo, é porque os mesmos estão sendo desbloqueados e que os sintomas são temporários. Você não está morrendo, apenas mudando!

De qualquer forma, não aceite somente a minha palavra a respeito disto.
Se você está inseguro, procure ajuda médica. Se você não sabe aonde conseguir Valerian ou Fenugreek, tente uma loja de alimentos naturais, ou, melhor ainda, simplesmente diga o nome mentalmente quando necessitar de alívio.
Todas as energias de cura são transmitidas através do som do nome e é tão eficaz dizê-lo em voz alta ou mentalmente, quanto ingeri-lo fisicamente.
Tente e confira. Peça aos seus anjos guias para ajudá-lo a aliviar qualquer dor. Eles estão apenas aguardando serem chamados! A maioria dos sintomas parecem durar algumas semanas e, depois, se acabam.

Alguns sintomas podem reaparecer de tempos em tempos.
Estas mudanças não precisam necessariamente ser experienciadas por todos ao mesmo tempo. Uma pequena porcentagem dos adultos já terminaram a completa mudança para uma forma cristalina e já possuem 1.024 seqüências de DNA. Existem registros de uma mulher que cresceu 7 centímetros e teve seu pé aumentado. Todas as crianças abaixo de 7 anos também já completaram suas mudanças, ou o farão brevemente. Bebês nascidos nos últimos 2 anos já nasceram com todas as seqüências de DNA. Algumas pessoas estão apenas começando a passar por estas mudanças e muitas outras irão começar.

Este processo de mudança é conhecido como o Despertar, ou como o Processo
de Ascensão, ou como o desenvolvimento da Merkabah, ou corpo de luz.

Nós precisamos transcender nossos medos e aprender sobre o amor,  amor verdadeiro, que tem que começar em nós mesmos. Porque até que consigamos amar e confiar em nós mesmos, não poderemos verdadeiramente amar ou confiar em nada ou em mais ninguém.

Celso J.S.Nogueira – Palestra proferida na Fraternidade da Luz em18/06/2004.

Mais informações sobre crianças e adultos INDIGO e CRISTAL:
http://www.starchild.co.za/indexpor.html

Feridas emocionais da infância

Feridas emocionais da infância

As cinco feridas emocionais da infância que nos ajudam a identificar feridas atuais

Os problemas vividos na infância podem provocar algumas cicatrizes emocionais que podem predizer como será nossa qualidade de vida quando adultos. Além disso, podem influenciar significativamente na forma como os nossos filhos se relacionarão conosco e com outras pessoas no futuro.

Este artigo aborda cinco das feridas emocionais ou experiências dolorosas da infância, que, aliadas a uma parte da nossa personalidade, nos ajudará a observar quais são as nossas próprias feridas:

1- O medo do abandono

A solidão é o pior inimigo para quem foi negligenciado ou abandonado na infância. Quem já sofreu abandono tende a abandonar prematuramente as pessoas com quem mantém um relacionamento ou seus projetos de vida por medo de ser abandonado novamente.

Seria algo como “eu vou antes de você me deixar”, “ninguém me apoia, não estou disposto a suportar isso”, “se você for, não precisa mais voltar…”.

As pessoas que têm feridas emocionais de abandono na infância precisam trabalhar o medo da solidão, o medo de ser rejeitado e as barreiras invisíveis ao contato físico.

A ferida causada pelo abandono não é fácil de curar, mas, você consegue perceber uma melhora quando esse medo da solidão começa a desaparecer dando lugar a um diálogo interno positivo e esperançoso.

2- O medo da rejeição

O medo da rejeição é uma das feridas emocionais mais profundas, porque implica na rejeição de nós mesmos, do nosso interior, ou seja, das nossas experiências, dos nossos pensamentos e dos nossos sentimentos.

Esse medo pode aparecer por vários fatores como, por exemplo, através da rejeição dos pais, da família ou de colegas e gerar pensamentos de auto-rejeição e de auto-desqualificação.

A pessoa que tem medo de ser rejeitada não se sente digna de receber afeto ou de ser compreendida e por isso se isola em seu vazio interior.

É provável que as pessoas que sofreram rejeição sejam evasivas e por isso é necessário trabalhar os seus temores, os medos internos e as situações que geram pânico.

Se este for o seu caso, ocupe o seu lugar no mundo, arrisque-se, tome suas próprias decisões. Faça isso aos poucos e perceba que você ficará menos incomodado se alguém se afastar ou se esquecer de você em algum momento, você não levará isso para o lado pessoal.

3- A Humilhação

Esta ferida surge quando, em algum momento, sentimos que outros nos desaprovam ou nos criticam.

Podemos gerar esse tipo de problemas nos nossos filhos se dissermos que são maus, estúpidos ou se os compararmos à outras crianças; isto destrói a autoestima deles.

As feridas emocionais de humilhação geram uma personalidade dependente. Além disso, como mecanismo de defesa, a criança pode aprender a ser “tirana” e egoísta além de repetir as humilhações humilhando outros.

Ter sofrido esse tipo de experiência requer que trabalhemos a nossa independência, nossa liberdade, a compreensão das nossas necessidades e medos, assim como as nossas prioridades.

4- A traição e o medo de confiar

Surge quando a criança se sente traída por um de seus pais, principalmente no descumprimento de promessas. Isso cria uma desconfiança que pode ser transformada em inveja e em outros sentimentos negativos por não se sentirem merecedores do que foi prometido ou das coisas que outras pessoas possuem.

Sofrer uma traição na infância constrói uma pessoa controladora. Se sofreu estes problemas na infância, você provavelmente sente a necessidade de exercer algum controle sobre os outros, o que normalmente se justifica como sendo uma personalidade forte.

Essas pessoas tendem a confirmar seus erros por meio de suas ações. Para curar as feridas emocionais da traição, é necessário trabalhar a paciência, a tolerância e o saber viver, assim como aprender a estar sozinho e a ter responsabilidades.

5- A injustiça

A injustiça como ferida emocional se origina em um ambiente onde os cuidadores primários são frios e autoritários, isso porque uma exigência exagerada de exercer limites gera sentimentos de impotência e inutilidade, tanto na infância como na idade adulta.

A consequência direta da injustiça na conduta daqueles que a sofreram é a rigidez, pois estas pessoas tendem a querer ser muito importantes e adquirir grande poder. Além disso, é provável que a pessoa desenvolva um fanatismo pela ordem e pelo perfeccionismo, bem como a incapacidade de tomar decisões com confiança.

Requer trabalhar a desconfiança e a rigidez mental, criando o máximo de flexibilidade e permitindo-se confiar em outros.

Agora que nós já sabemos sobre as cinco feridas emocionais que podem afetar nosso bem-estar, a nossa saúde e a nossa capacidade de nos desenvolver como pessoas, podemos começar a saná-las.

Escrito por Taiz de Souza. Fonte: Psiconlinews
Como identificar pensamentos suicidas

Como identificar pensamentos suicidas

 9 fatores de risco para suicídio e uma pergunta

Muitos de nós nos sentimos impotentes quando se trata de reconhecer um suicídio.

“Isso é tão trágico”.

“Que desperdício de uma bela vida”.

“Por que ele não nos falou sobre isso?”

Muitas vezes, estamos totalmente perdidos em como lidar com o suicídio, um assunto profundamente devastador.

Mas estamos muito mal informados pra discutir isso de forma substancial. O que é compreensível, pois a maioria de nós não é treinada em serviços psiquiátricos e faz o melhor para lidar com as próprias dificuldades na vida.

Descobrir como resolver o problema do suicídio parece estar acima de nossa autoridade.

É importante que cada um de nós se comprometa a ser melhor em falar sobre isso e quebrar certos tabus.

Como identificar que uma pessoa está pensando em suicídio 1

A verdade é que cada um de nós pode ter um amigo suicida neste momento que não está nos contando sobre isso.

Eles não nos contam porque sabem que vivem em um mundo cruel, mal preparado para ajudá-los sem julgá-los.

A principal razão que impede as pessoas que pensam em acabar com a própria vida de falar sobre o suicídio é o medo de serem rotuladas como frágeis e problemáticas pelo resto da vida.

É preciso muita coragem para falar sobre o desejo de se suicidar, especialmente quando você está passando por isso.

Toda pessoa apresenta risco de suicídio. O suicídio não tem rosto.

Mães, pais, jovens, pastores, artistas, o pensamento de acabar com a vida pode enraizar-se na mente de todos.

Mas existem alguns grupos que são mais propensos ao suicídio do que outros.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, lésbicas, gays e bissexuais têm quatro vezes mais probabilidade de tentar se suicidar do que pessoas heterossexuais.

25% dos jovens transgêneros relataram terem tentado tirar a própria vida.

O que algumas pessoas não sabem é que se livrar dessa ideia e aprender a curtir a vida não é uma opção para aqueles que estão verdadeiramente deprimidos.

Por que o suicídio começa a parecer uma opção viável?

Como identificar que uma pessoa está pensando em suicídio 3

John Gibson, um pastor cujo nome foi lançado recentemente como parte do hack de Ashley Madison (onde muitas pessoas foram expostas por criarem contas com a intenção de traírem seus cônjuges) cometeu suicídio em agosto.

“Ele falava sobre a depressão. Ele falava sobre ter seu nome lá, e ele me disse que estava muito, muito triste. O que sabemos sobre ele é que ele devotou a vida à outras pessoas, e ele o fez de graça, misericórdia e perdão para todos. Mas de alguma forma, ele não conseguia estender isso para si mesmo”.

– Christi Gibson, sobre o suicídio de seu marido, John.

Jody Nelson, um assistente social clínico em Lansing, Michigan, explica parte do porquê uma pessoa pode se sentir atraída pelo suicídio:

“Uma pessoa suicida muitas vezes vê o suicídio como uma solução pura, limpa e autônoma para seu estado emocional de desespero. O suicídio nunca é puro. Nunca é limpo. E nunca verdadeiramente autônomo. As pessoas suicidas não são capazes de ver ou prever as consequências de seu ato na vida das pessoas ao redor. Sua própria doença faz com que seja impossível para eles enxergarem isso.”

Ele nos aconselha a conhecer os fatores de risco:

Como identificar que uma pessoa está pensando em suicídio 4

1. Depressão. Isolamento. Perdas.

2. Grandes mudanças de vida (e, às vezes, apenas algumas pequenas como começar ou parar de tomar certos medicamentos).

3. Tentativas de suicídio anteriores. Abuso de substâncias.

4. Comportamentos irracionais ou instáveis.

5. Dificuldades financeiras.

6. Acesso a meios de cometer o ato.

7. Intenção suicida.

8. Uma história de suicídio na família.

9. Conexões a outras pessoas que morreram por suicídio.

Jody Nelson diz que, se percebermos esses sinais, devemos perguntar diretamente a pessoa algo do tipo:

“Eu notei que você esteve particularmente para baixo ultimamente. Você está pensando em se machucar?”

Isso não fará com que alguém que não tenha tendências suicidas passe a considerar a ideia de repente.

O que isso fará, caso alguém esteja pensando em suicidar-se, é fazê-lo atravessar uma parede que está o mantendo isolado e, de repente, aliviar parte dos sentimentos acumulados, com os quais ele esteve lidando sozinho.

Uma pessoa com depressão e sentimentos suicidas é muitas vezes grata por encontrar alguém com quem possa falar francamente sobre o que está pensando.

E caso alguém responda que sim, escute-o e converse com ele. Mas também leve-o a emergência, leve-o até lá, vá com ele. Dessa forma, eles terão acesso ao acompanhamento adequado.

Em seguida, fique de olho e acompanhe a situação. Continue conversando come ele, pois ele vai tentar minimizar a situação. Quem não faria isso?

É por isso que é importante para nós falar sobre isso publicamente e agora.

Como identificar que uma pessoa está pensando em suicídio 2

Quando aprendermos a falar sobre o suicídio de forma mais produtiva e demonstrarmos publicamente que estamos tentando entender um pouco melhor do que costumávamos, abriremos portas caso alguém em nosso círculo esteja pensando em se suicidar.

Devemos demonstrar que não iremos julgar nossos amigos e pessoas amadas – apenas amá-los.

Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e ajude a quebrarmos alguns tabus sobre o suicídio.

O post Como identificar pensamentos suicidas: 9 fatores de risco e uma pergunta apareceu primeiro em Awebic.
Pela cura do Sagrado Masculino, em nível individual e coletivo!

Pela cura do Sagrado Masculino, em nível individual e coletivo!

“Vivemos em tempos onde o Masculino encontra-se machucado, banalizado, demonizado, muito ferido, com feridas profundas e várias cicatrizes por conta de séculos de condicionamentos enfiados goela abaixo por um sistema e uma sociedade de homens e mulheres machistas!
Infelizmente a referencia que temos do masculino é péssima, começando em casa, por exemplo (sem querer generalizar), faça uma reflexão de como foi a sua infância, como foi o relacionamento com o seu PAI? foi um pai ausente? alcoólatra? violento? intransigente? estupido? existe uma grande maioria de homens pais que se encaixam nesse perfil, fruto desses condicionamentos, principalmente os mais antigos. Para curar em nós o masculino ferido, precisamos trazer novamente a consciência neste momento de maior maturidade essas questões e perdoa-los, por mais duro que tenham sido, por mais difícil e triste que tenha sido a relação, precisamos perdoa los em nosso coração, entendendo que eles agiram assim por conta da sua criação rígida, por conta de seu carácter, lembrando que ninguém é perfeito, todos temos nossos defeitos e virtudes.
Perdoando o PAI estamos contribuindo para curar a enorme ferida do Masculino em nós e no coletivo!
Perdoe o seu Pai, fale para ele EU TE AMO, reate ou fortaleça os laços que te liga a ele, agradeça por ter te dado a vida, honre esse ser!
observe em ti quais são os erros dele que repetes e transmute, cure esse karma agora, neste momento!
Lembre-se que tu estas mais consciente do que ele neste momento e releve algumas questões, perdoe, respeite esse ser e honre sua sagrada presença!”

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO!  

Por Carlos Caruso.

 

Afinal, o que é o “Sagrado Feminino”?

Afinal, o que é o “Sagrado Feminino”?

“Sagrado Feminino” significa várias coisas, uma vez que se expressa em várias dimensões da vida:

  • Na dimensão espiritual significa incluir e valorizar o feminino como uma dinâmica igualmente fundamental da força criativa da vida e do Divino. O yang não pode existir sem o yin. Significa lembrar a nossa interconexão e unicidade: não estamos separados uns dos outros nem da criação.
  • Na dimensão religiosa, significa incluir e honrar o rosto feminino de Deus na expressão religiosa, rituais e cerimônias, com linguagem inclusiva (como Deusa Mãe/ Deus Pai). Significa reconhecer e honrar as divindades femininas e arquétipos da Deusa ao longo de toda a história e culturas.
  • Na dimensão planetária significa ver a Mãe Terra como a nossa Mãe, respeitando-a e curando-a.
  • Na dimensão cultural significa reconhecer a sacralidade de toda a vida, a nossa rede de interconexão e comunidade; celebrar a grandeza e sabedoria do feminino em todas as culturas, nas artes e na expressão criativa.
  • Na dimensão psicológica, significa recuperar as qualidades do Feminino como importantes qualidades interiores de totalidade e equilíbrio dentro de cada indivíduo, do sexo feminino e masculino.
  • Na dimensão humana, significa valorizar a mulher como pessoa inteira-corpo, mente e espírito e valorizar as mulheres em igualdade com os homens.
  • Na dimensão social, significa resgatar as vozes, visões e sabedoria das mulheres para serem recebidas e integradas ao serviço da cura social e do equilíbrio. Significa valorizar as contribuições das mulheres em casa, como cuidadoras, bem como no local de trabalho e na comunidade.
  • Na dimensão política, significa usar a autoridade do poder para servir o bem maior, para proteger e servir a vida e não para dominação, ganância e interesse pessoal. Significa proteger a riqueza comum dos recursos planetários, tais como água, comida, ar, solo, energia.
  • Na dimensão histórica, significa reconhecer e ensinar nas escolas as descobertas arqueológicas das culturas da Deusa, no tempo pré-patriarcal, baseadas em valores de parceria e aprender com elas um paradigma de sociedade que usa o poder para servir a vida, e não por ganância. Significa também incluir na história as contribuições das mulheres, bem como a história do Holocausto das Mulheres (600 anos de fogueira).
  • Em valores da vida diária que significa boas-vindas, incluindo e ouvindo um ao outro, ao serviço da compreensão. Significa aceitar e respeitar as diferenças. Estar aberta à compaixão. Significa estar aterrado no coração, usando a cabeça a serviço de um bem maior. Significa incluir a intuição na percepção e tomada de decisão. Isso significa estar ligado à bondade, vivacidade, sensualidade e sabedoria de o corpo. Significa usar o poder pessoal para servir e para criar, não para dominar e explorar.

* Texto: Vikki Hanchin, LSW
Traduzido e adaptado por SM/IC/A mulher e a SexualidadeSagrada