Já escrevemos vários posts a respeito do método Pilates; do ponto de vista biomecânico, terapêutico (gestantes x Pilates), mas não com enfoque no condicionamento físico. Claro poderíamos abordar como forma de manter a postura parecido com a metodologia R P G., porém mais e mais pessoas procuram o método com objetivo de praticarem uma atividade física sem ter que frequentar uma academia, muitas vezes cheias e sem tantos orientadores preparados.

Trabalhamos com força, no Pilates, utilizando molas que são calibradas de acordo com a elasticidade que oferecem; isto se dá por causa do fio da mola (mais fina, mais grossa) que gera uma deformidade, de acordo com a força que eu queira trabalhar no cliente para um tipo de atividade e objetivo!

Se desejo trabalhar série de repetição para buscar condicionamento posso solicitar que o paciente faça um determinado número que não passe de uma média de até seis repetições porque cada exercício no método Pilates trabalha o corpo como um todo.

Na prancha de saltos do Reformer, por exemplo, estimulamos a produção de íons de magnésio, nos saltos, para evitarmos a osteoporose devido a rigidez da mesma (textura).

Com os exercícios de solo buscamos condicionar não apenas a postura com proporcionar força corporal através de exercícios pouco comuns no dia à dia do paciente mas que o conjunto auxilia na atenção com posturas que fatalmente levariam a uma lesão; além de outros recursos, como o trx .

Não deixe de compartilhar estas e outras informações da nossa pagina Flora Mater .com.br e escrever seu comentário ,ou sugestão !

 

Leonardo Ledo de Azevedo Costa , Crefito 35558F